Não há banners cadastrados

Sindicato repudia agressões à enfermeira na UPA e pede mais segurança aos profissionais que atuam na unidade

Compartilhe a notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorriso-SINSEMS, por meio de seu presidente, Leocir José Faccio, vem a público repudiar as agressões sofridas pela enfermeira M. C. de 41 anos.

A Servidora foi agredida no último domingo (21.03), com socos no rosto, empurrões e bateu a cabeça contra uma parede dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sorriso. O agressor, um homem supostamente embriagado, exigia atendimento prioritário para seu filho, menor de idade, em detrimento de outros pacientes mais graves.

Entre as medidas que estão sendo adotadas pelo Sindicato está a de processar o agressor para que responda cível e criminalmente pelos atos. Além da denúncia crime na justiça comum, o SINSEMS também já elabora documento à Administração Municipal, pedindo providências na garantia da segurança dos profissionais da UPA, que reincidentemente tem sido alvos de agressões.

O Sindicato também colocou à disposição da Servidora atendimento psicológico que é feito na sede do SINSEMS.

“É inadmissível que em tempos de pandemia um profissional da saúde, em pleno horário de trabalho e cumprindo suas atividades para cuidar da população, seja alvo de uma atitude agressiva e desumana dessas. Não admitiremos que isso volte a acontecer”, finalizou Leocir.

Inscreva-se em nossa newsletter

Mantenha-se bem informado sobre as notícias do SINSEMS

Mais notícias
WeCreativez WhatsApp Support
Realize seu agendamento através do nosso WhatsApp
Olá, em que posso ser útil?